Cicatriz Cutânea

Cicatrização cutânea é o termo que se refere ao processo de reparação tecidual da pele, no qual o tecido lesionado é substituído por um tecido novo. A reparação das camadas da pele é composta por diversos fatores, como a regeneração de células especializadas e a formação do tecido de granulação.

O processo de cicatrização que se segue com a finalidade de cura das feridas pode ser dividido didaticamente em três fases que se superpõem: inflamatória, proliferativa e de remodelação. Durante a primeira fase, ocorrem hemostasia, migração de leucócitos e início da cascata de reparação tecidual.

Tipos de Cicatrização
  1. Cicatrização por primeira intenção ou imediata (União primária) Incisão limpa em que as bordas estão aproximadas;
  2. Cicatrização por segunda intenção ou mediata (Contração e Epitelização) É aquela que permanece aberta;
  3. Cicatrização por terceira intenção.

Quando o seroma não é tratado, o acúmulo de líquido que não é removido pode endurecer, formando um seroma encapsulado, deixando a cicatriz feia. Além disso, o tratamento também é importante porque o seroma pode infeccionar, formando um abcesso na cicatriz, com libertação de pus, que é tratado com antibióticos.

Aqui na Ana Bely você encontra uma grande variedade de produtos para sua clinica, laboratório e hospital de marcas renomadas.

Não encontramos produtos correspondentes a seleção.