Lamínulas

LAMÍNULAS PARA MICROSCOPIA

A lamínula é uma versão reduzida da lâmina de microscopia, utilizada sobre a lâmina para cobrir a amostra, evitando aberrações da imagem e refração dos raios luminosos. Ela serve como uma barreira entre a lente do microscópio e o material biológico que deve ser analisado, protegendo dessa forma a ambos.

Muito mais fina, com uma espessura de 0,13 a 0,16 mm, as lamínulas têm um papel importante junto a lente objetiva, pois influencia diretamente na qualidade da imagem, além de manter a amostra fixa sobre a lâmina. Disponível em diferentes tamanhos e formatos, deve ser produzida a partir de vidro translúcido de alta qualidade para garantir que bolhas ou imperfeições não se interponham entre a amostra e a lente.

A lamínula auxilia no achatamento de soluções fluidas, mantendo a amostra plana sobre a lâmina e permitindo o foco ideal do objeto que se pretende visualizar. Tem papel importante ainda na coloração, pois auxilia a distribuição do corante sobre a lâmina através da ação da capilaridade.

É usada principalmente na visualização da amostra com a lente objetiva de 100x com óleo de imersão. Isso impede o contato direto da amostra com o óleo, uma vez que este é colocado sobre a lamínula, evitando assim a contaminação do material biológico.

Aplicação das lâminas e lamínulas

As lâminas e lamínulas para microscopia são usadas de várias maneiras. Vamos especificar a seguir algumas de suas aplicações:

  • Hematologia
  • Histologia
  • Microbiologia
  • Urinálise
  • Parasitologia
Ver como Grade Lista

1 artigo

por página
Definir Direção Decrescente
Ver como Grade Lista

1 artigo

por página
Definir Direção Decrescente